chester's blog

technology, travel, comics, books, math, web, software and random thoughts

Harry Potter E a Pedra Filosofal

| Comments

Fui ver hoje. Tem que ser macho pra querer assistir um filme infantil tão promovido num sábado à tarde. Mas quem gosta de desenho animado já sabe o truque: é só procurar uma sala com a versão legendada, de preferência próxima a alguma com o filme dublado. É garantia de cinema vazio.

Antes de dar minha opinião, tenho que dizer que sou suspeito: li os quatro livros (o último em inglês, um presente de aniversário simpático) e gostei. Posto isto, o filme é muito bom. Pra quem não leu é, no mínimo, divertido. Quem leu não vai se frustrar com a caracterização do ambiente (o que provavelmente se deve ao detalhismo da autora no livro e à sua marcação cerrada no set de filmagens) nem com as atuações.

Curiosidade: quando eu vi a partida de Quadribol (Quidditch), me senti como o personagem do Brendan Fraser em “De Volta para o Presente” com relação ao beisebol – ele, como eu, só entendeu o jogo quando assistiu uma partida com os próprios olhos, por mais que alguém tentasse explicar com palavras…

Claro que muita gente torce o nariz quando o assunto é Harry Potter. Entendo, há quem realmente não goste do gênero, e até aceito (embora não concorde) quando dizem que parece um plágio de Livros de Magia (vale lembrar: os autores são ambos ingleses). Contudo, muita gente fala mal simplesmente *não leu o livro*. Assim fica difícil (ou fácil, dependendo do ponto de vista) fazer uma crítica, não?

Dá pra sentir nesse pessoal um clima de “ah, como isso é popular, eu vou descer a lenha, assim eu pareço cool e de repente até arrumo mulher”. Conselho: ignore esta onda negativa e dê uma chance ao livro. Mas faça isso logo, porque a vontade de ver o filme no cinema será conseqüência natural…

Comments