chester's blog

technology, travel, comics, books, math, web, software and random thoughts

Nokia E62 – Avaliação, Dicas E Programas

| Comments

Depois de inúmeros Palms e dois anos com o “guerreiro” Nokia 6600, a empresa onde trabalho me cedeu um Nokia E62. Como o aparelho está relativamente acessível no Brasil (e algumas coisas eu suei pra fazer funcionar), vou falar um pouco da minha experiência com ele.

O celular usa a versão 3 da plataforma S60, cuja multitarefa e biblioteca de software, aliados a um teclado QUERTY matador e uma tela nababesca (320x240x24bit) viabilizam seu uso como palmtop (de fato, ele se parece mais com um Palm/Pocket PC do que com um telefone, embora seja muito fino e leve).

Uma das grandes comidas de bola do S60v3 é o sistema de certificados digitais para aplicações. Numa tentativa frustrada de evitar a pirataria e/ou proliferação de malware, a Nokia dificultou a disseminação de shareware/freeware que tornou populares os aparelhos que usam a versão anterior (o Nokia 6600 e o N-Gage, por exemplo, usam o S60v2).

O que acontece é que 90% do software (mesmo o legalizado) baixado na internet dá treta se não tiver um certificado customizado. Depois de fuçar um pouco, descobri que no Gerenciador de Aplicativos, menu Configurações, dá pra desativar a opção “Verificar certificados”, e boa parte dos programas passa a instalar. Se ainda assim o programa der “certificado vencido”, volte a data do celular (um ano é o valor típico) e tente novamente.

Uma vez arrumado isso, dá pra turbinar o bichinho com programas baixados na rede. Seguem alguns dos que testei (gratuitos salvo menção em contrário):

Tracker – O Tracker não é grátis, mas por US$ 20 eu me livrei da coisa que mais me incomodava no telefone: o gerenciador de aplicativos perdedor. Não é instantâneo como o ZLauncher do Palm, mas é insanamente mais rápido que o gerenciador do telefone, e é muito customizável. Também funciona como gerenciador de tarefas, compressor de memória e outras utilidades do gênero. E dá pra testar por 15 dias.

AppQLauncher – Se o seu único problema é abrir rapidamente programas, o AppQLauncher é grátis e aproveita bem o teclado QWERTY do E62. No estilo do QuickSilver do Mac, você digita alguns caracteres e ele lista rapidamente os programas correspondentes. Adicione na tela de descanso e mantenha aberto (a primeira chamada é rápida, as outras são instantâneas).

GMail – O cliente de e-mail do celular é compatível com POP, IMAP e Exchange, mas quem tem GMail (alguém não tem?) vai curtir este programa. Só o fato de poder fazer buscas nos seus e-mails arquivados é uma mão na roda. A aplicação é muito ágil, fazendo um par matador com a tela e o teclado avantajados.

Google Maps – Depois do iPhone, é a melhor plataforma que eu vi pra usar este software, que quebra um galhão quando se anda perdido por aí. Ainda não suporta triangulação por antenas, mas fora isso é completíssimo.

Opera Mini – Confesso que 99% da minha navegação eu faço no navegador que vem no celular (o meu veio com dois – o que se chama “Web” é bem melhor que o outro, permitindo o uso do Bloglines e do Twitter numa boa). Mas ter o Opera na manga é útil, porque ele vai abrir qualquer página em que os outros engriparem.

WidSets – Uma tentativa da Nokia de fazer “widgets” para acesso a sites específicos. Vale pelo da Wikipedia (que formata os artigos de um jeito bem bonitinho), especialmente para quem tiver um plano de dados mais generoso.

Nimbuzz – Permite conectar no MSN, GTalk, Yahoo! e outros messengers, além de efetuar chamadas de longa distância a custo reduzido.

putty – Efetua conexões ssh através da rede GPRS. Útil para administradores de sistemas (graças ao teclado) e para fazer sucesso nas festinhas nerd.

fMSX – O emulador mais multiplataforma do planeta também está presente aqui. Só consegui fazer funcionar com o cartão de memória (comprei um de 1GB por menos de R$ 30 aqui). Coloque as ROMs no lugar certo e divirta-se jogando Nemesis no busão.

Eu não experimentei muito, mas parece que os S60 no geral são bem servidos em emuladores de sistemas 8 bits, e mais uma vez a tela (na proporção certa) e o teclado são diferenciais – consulte o link do fMSX para outras opções.

miniTruco – Funciona bem, inclusive o Bluetooth (comprovadamente com duas pessoas, preciso testar com mais) e o jogo pela internet.

M-SuDoKu – Um excelente jogo de Sudoku freeware. O único senão é que você tem que segurar o botão azul para teclar os números, mas fora isso ele roda 100%.

C2Doom – A versão básica é freeware, mas existe uma alternativa que, por €5.00, já vem pré-configurada pra funcionar (e suporta jogo via Bluetooth). DOOM faz parte da minha formação, então não pensei duas vezes.

Y-Browser – Gerenciador de arquivos que dá acesso a todos eles (o que vem no doce esconde muita coisa). Indispensável pra quem tem cartão de memória.

AutoLock – Resolve um problema crônico dos S60, que é a falta de um travamento automático por tempo (pra evitar o acionamento acidental do celular no bolso). Pena que esse celular tem um bug chato: quando você trava ele, o ringtone volta para o default (alguém sabe resolver isso?).

GooSync – Permite sincronizar o calendário (agenda de compromissos) do celular com o Google Calendar através da conexão GPRS. A versão free sincroniza os compromissos dos próximos 30 dias – quem precisar de mais pode assinar o serviço, ou experimentar o CalSync, do mesmo autor do AutoLock (lembrando que ainda é beta, eu preferi não arriscar por enquanto).

Comments